Acervo


SAIBA MAIS SOBRE ACERVO E PESQUISA

Com um histórico amplo o acervo do MON possui os seguintes eixos temáticos:

- Artes Visuais;
- Design;
- Arquitetura;
- Arte e cultura internacional:
- Coleção Asiática;
- Coleção Africana;
- Coleção Poty Lazzarotto.

O acervo do MON foi constituído inicialmente pelos seguintes acervos:

- Novo Museu;
- Museu de Arte do Paraná - MAP;
- Galeria do BANESTADO.

Com a junção desses três acervos destacaram-se grandes nomes de artistas paranaenses como: Miguel Bakun, Helena Wong, Alfredo Andersen, Maria Amélia D'Assumpção, Arthur Nisio, Leonor Botteri, João Turin, Poty Lazzarotto, e também peças dos artistas reconhecidos nacionais e internacionais. Englobando técnicas de construção artística, desenho, esculturas, fotografia, gravura (e matriz de gravura), maquetes, multimídia (vídeo), objetos, painel, projetos, peças de mobiliários, pintura e tapeçaria.

Acervo do Museu

Ásia: a Terra, os Homens, os Deuses

MON realiza nova edição da exposição asiática, com tema “Colonialismo”

Uma nova edição da exposição “Ásia: a Terra, os Homens, os Deuses”, realizada pelo Museu Oscar Niemeyer (MON), será inaugurada na terça-feira, dia 11/10. Com curadoria do professor e diplomata Fausto Godoy, doador da coleção asiática ao Museu, a mostra traz obras nunca antes expostas, com o objetivo de alcançar públicos ainda maiores e democratizar cada vez mais o acesso ao acervo.

“Ao completar 20 anos, o Museu Oscar Niemeyer integra o rol dos grandes museus internacionais. O tamanho e a relevância do seu acervo, que quintuplicou e se tornou mais abrangente, foram fundamentais nesta trajetória, na qual é imensa a importância da coleção de arte asiática”, afirma a diretora-presidente da instituição, Juliana Vosnika.

Poty, entre dois mundos

Será inaugurada no dia 26 de outubro, na Torre do Olho do Museu Oscar Niemeyer (MON), a exposição do artista Poty Lazzarotto (1924 – 1998): “Poty, Entre Dois Mundos”, com obras inéditas. A curadoria é de Maria José Justino e a assistência de curadoria é de Juliane Fuganti.

A mostra é um recorte da maior coleção já doada à instituição, com aproximadamente 4,5 mil obras, e inicia no MON um espaço contínuo de exposições deste importante artista.

A doação, generosamente feita pelo irmão de Poty, João Lazzarotto, trouxe ao Museu mais de 3 mil desenhos e 366 gravuras, além de tapeçarias, entalhes, serigrafias e esculturas. 

Na ocasião da doação, o irmão comentou que o gesto atendia ao desejo do artista. “Poty dizia que obra de arte é para o público olhar e queria que as suas ficassem aqui. Ele recusou pedidos de levar para Paris e para outros lugares. Curitiba era tudo para ele.” O irmão explicou que a família escolheu fazer a doação ao MON por ser um museu com as condições necessárias para abrigar, preservar e expor as obras.

O Mundo Mágico dos Ningyos

A exposição “O Mundo Mágico dos Ningyos”, uma realização do Museu Oscar Niemeyer (MON), apresenta ao público uma coleção de bonecos japoneses que fazem parte do acervo de arte asiática formado por mais de três mil peças e doado recentemente pelo embaixador Fausto Godoy ao MON. A mostra poderá ser vista a partir do dia 20 de setembro, na Sala 10.

“A exposição ‘O Mundo Mágico dos Ningyos’ é tão somente uma das incontáveis vertentes desse acervo surpreendente, que nos revela o continente asiático em sua extensão geográfica, pluralidade étnico-religiosa e exuberância artística ao longo de milhares de anos de história”, afirma a diretora-presidente do MON, Juliana Vosnika. 

Sou Patrono

Obras adquiridas pelo programa “Sou Patrono” são apresentadas em exposição no MON

Obras de arte que fazem parte do acervo do Museu Oscar Niemeyer (MON) podem ser vistas pelo público na exposição “Sou Patrono”. A mostra, em cartaz na Sala 2 a partir do dia 6 de setembro, apresenta um recorte das 78 obras de arte adquiridas nos últimos anos com recursos do patronato.

África

Museu Oscar Niemeyer realiza mostra de arte africana

A exposição “África, Mãe de Todos Nós: Conexão entre Mundos”, promovida pelo Museu Oscar Niemeyer (MON), marca o início de uma parceria entre a instituição e a Coleção Ivani e Jorge Yunes (CIJY). O primeiro módulo da mostra, que o MON inaugura na quinta-feira, dia 4, reúne uma significativa coleção de máscaras africanas. É um conjunto de cerca de 20 máscaras elaboradas por artistas dos povos que foram trazidos para as Américas na condição de escravos, como os punu, igbo, baulê e iorubá. 

A mostra dialoga com a ação “Retrate-Si”, promovida pelo setor Educativo do MON, simultaneamente ao período expositivo, dentro do programa “Artistas do Acervo”, que traz oficinas de confecção de máscaras em argila, fotografia e desenho, entre outras, ministradas por artistas locais, com o objetivo de provocar uma reflexão sobre retratos e máscaras.

Espaço Niemeyer

O Espaço Niemeyer, situado no subsolo do Museu, é dedicado ao arquiteto Oscar Niemeyer e seus projetos.  Nas palavras do arquiteto, são as curvas que o atraem, por isso a forma circular do espaço, o teto de vidro ao centro, que ao mesmo tempo serve de piso para o térreo; o arejamento estrutural com interligação para os corredores laterais nos quatro cantos, delimitados por duas paredes curvas. 

É nesse ambiente de leveza e sobriedade que estão expostas permanentemente fotos, maquetes e croquis das principais obras de Niemeyer, desde 1941 até 2002. Em uma das paredes curvas concentram-se 20 fotos ampliadas, entre as quais estão as primeiras obras realizadas na década de 1940 como o Cassino da Pampulha, a Casa do Baile e a Igreja de São Francisco, todas em Belo Horizonte. Vídeos com entrevistas com o arquiteto, nos quais ele comenta detalhes de alguns dos seus projetos e fala sobre a sua inspiração e métodos de trabalho são exibidos neste espaço.

Pátio das Esculturas

Espaço expositivo ao ar livre, localizado no piso subsolo do museu, onde estão expostas em caráter permanente 18 obras tridimensionais pertencentes ao acervo do MON. São obras assinadas por autores representantes de diferentes movimentos artísticos, como Erbo Stenzel, Amélia Toledo, Ângelo Venosa, Bruno Giorgi, Emanoel Araújo, Marcos Coelho Benjamin, Sérvulo Esmeraldo, Tomie Ohtake e Oscar Niemeyer. Todas as esculturas possuem legenda braile e o toque nas obras neste espaço está permitido a todos os visitantes.

Exposição fixa

Todo o acervo pode ser visto e pesquisado no site do museu, pela plataforma Pergamum, que é o sistema de documentação museológica que compila as informações referente aos processos de aquisição, organização, controle, registro, número de identificação, marcação, armazenagem/ localização, classificação/catalogação e indexação, pesquisas das obras, artistas, coleções e exposições.

Pesquisa no acervo online

O acervo online do MON está disponível apenas para consulta local gratuita. É vedada a utilização de obras ou reproduções de qualquer tipo, sem autorização prévia, como previsto no art. 43 da Lei Federal nº 11.904/2009.

Tipos de pesquisa

  • ·
    Palavra - Para a pesquisa por palavra é necessário saber algum termo da peça, exposição ou obra que procura. Você pode digitar o nome dos autores, artistas, nome da exposição ou peça.

Informações necessárias

Para iniciar sua pesquisa é necessário ter alguma dessas informações:

  • ·
    Nome ou título da peça;
  • ·
    Nome de quem possui autoria da peça;
  • ·
    Assunto da peça.

Com essas informações, já é possível realizar a pesquisa pelo Pergamum.

Caso a pesquisa ainda precise de filtros de informação, você consegue incluí-los nos formulários disponíveis para preenchimento diretamente na página.

Coleções do Acervo

O MON possui um acervo de arte com mais de 14 mil obras.

África

Ásia

Design

Arquitetura

Poty Lazzarotto

África

Ásia

Design

Arquitetura

Poty Lazzarotto

África

Ásia

Design

Arquitetura

Poty Lazzarotto

Exposição virtual

Tenha acesso ao conteúdo disponibilizado. Peças expostas, explicações de obra e artistas envolvidos.

Obras

Doações

Empréstimos

Políticas, normas e procedimentos para proposta de doação, compra e comodato do acervo Museu Oscar Niemeyer.

1

Toda proposta de Doação, Compra e/ou Comodato deve seguir as linhas do Marco referencial do Museu Oscar Niemeyer.

2

A proposta de Doação, Compra e/ou Comodato deve ser encaminhada em arquivo digital para o setor de acervo.

A proposta precisa conter o conteúdo:

  • ·
    Carta de intenção com dados de proprietário;
  • ·
    Dados obra: título, data, técnica e medidas;
  • ·
    Fotografia(s) em boa qualidade (formato TIF ou JPG);
  • ·
    Currículo do artista (pdf, documento word ou link);
  • ·
    Valor para venda (caso se enquadre na proposta).
3

As propostas de doação, compra e/ou comodato serão avaliadas e aprovadas pela Diretoria Executiva e Conselhos do Museu Oscar Niemeyer.

  • ·
    As propostas de aquisição passarão obrigatoriamente pela avaliação do Conselho.
  • ·
    As propostas de compra aprovadas pelos Conselhos também serão avaliadas e avaliadas na reunião com os patronos vigentes.
4

O período para avaliação das propostas está sujeita ao calendário de reuniões e atividades das instâncias envolvidas.

5

Somente após aprovada a proposta o proponente receberá um comunicado formal e em seguida será agendada o seu recebimento.

  • ·
    A proposta recusada receberá um comunicado formal da negativa.
6

Somente após aprovada a proposta, o contrato de Doação, Compra e/ou Comodato será firmado.

7

A proposta de comodato tem prazo mínimo de duração de vinte (20) anos em contrato.

FAQ Foto: Eduardo Macarios

Consulte a seção de

Perguntas frequentes sobre Acervo e Pesquisa

Exposições Visite Foto: Eduardo Macarios

Exposições