O Museu Oscar Niemeyer (MON) foi selecionado para participar como palestrante no evento Communicating The Arts (CTA), em Paris, na primeira semana de abril. A apresentação terá como tema principal o desenvolvimento do programa MON para Todos – Pessoas Autistas, e acontecerá na terça (2/4), Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo.

Referência nacional no assunto inclusão, o MON, por meio do programa desenvolvido pelo Núcleo de Acesso e Participação, foi o primeiro museu do país a implantar uma Sala de Acomodação Sensorial para o público autista. Além disso, o programa conta com uma série de outras ferramentas que auxiliam o público neurodivergente durante a visita ao Museu, como Cordão de Girassóis, Narrativa Visual e Mapa Sensorial.

O CTA é uma conferência anual que reúne mais de 200 especialistas, oferecendo a oportunidade de se conectar, de aprender e de se inspirar nas últimas tendências e questões em comunicação artística, educação e envolvimento com o público. Com mais de 10 mil participantes de dezenas de cidades, é um evento direcionado aos que procuram avançar e causar um impacto positivo no mundo por meio da cultura.

NAP

Criado em 2019, o Núcleo de Acesso e Participação (NAP) é formado por uma equipe multidisciplinar do MON, com a missão de melhorar as condições de acesso dos diferentes públicos, trabalhando na construção de soluções de acessibilidade e inclusão social.

Além dos programas de inclusão já existentes (MON para Todos para pessoas cegas e surdas), o NAP desenvolve ações que contemplam o atendimento a pessoas no espectro autista, por meio da criação de duas importantes ferramentas: A Narrativa Visual e o Mapa Sensorial, utilizados para preparar a visita desse público ao Museu.

Outra ferramenta do programa MON para Todos – Pessoas Autistas é a Sala de Acomodação Sensorial (SAS), um espaço pensado para pessoas neurodivergentes que precisam de um local reservado e com estímulos reduzidos para se reorganizarem em uma eventual crise despertada pela visita.

O programa MON para Todos – Pessoas Autistas contempla, também, uma cartilha com normas e orientações para o atendimento a esse público, bem como a disponibilização do cordão de girassóis, acessório reconhecido mundialmente e pela lei brasileira como símbolo das deficiências invisíveis, como o autismo. 

Oficinas

Neste mês de abril, o Museu Oscar Niemeyer oferecerá ao público a oficina artística “Expedição Fotográfica para Jovens Autistas”. Será no dia 13, das 9h30 às 11h30.

Usando a câmera do celular, ou qualquer outra, os participantes serão convidados a investigar livremente os espaços internos do MON por meio da fotografia. O objetivo é sensibilizar o olhar e estimular imagens criativas, com experimentação de filtros, lentes e propostas desenvolvidas especialmente para essa oficina.

A atividade é direcionada para o público autista a partir de 14 anos, com participação opcional de um acompanhante. As inscrições, antecipadas, gratuitas e obrigatórias, poderão ser feitas a partir do dia 4 de abril, pelo site do MON: www.museuoscarniemeyer.org.br

Documento para download

SOBRE O MON

O Museu Oscar Niemeyer (MON) é patrimônio estatal vinculado à Secretaria de Estado da Cultura. A instituição abriga referenciais importantes da produção artística nacional e internacional nas áreas de artes visuais, arquitetura e design, além de grandiosas coleções asiática e africana. No total, o acervo conta com aproximadamente 14 mil obras de arte, abrigadas em um espaço superior a 35 mil metros quadrados de área construída, o que torna o MON o maior museu de arte da América Latina.

Publicado por

Museu Oscar Niemeyer

Notícias relacionadas

Imprensa

MON realiza encontro para educadores na mostra “Extravagâncias”

Imprensa

Últimos dias da exposição “35ª Bienal de São Paulo – coreografias do impossível”

Imprensa

MON lança catálogo da exposição sobre Bispo do Rosário
Ver todas as notícias
Receba notícias