Obra

Antologia Poética (2000-2017) - Adolfo Montejo Navas

artistas: Adolfo Montejo
curador: Agnaldo Farias
local: Sala 10

Museu Oscar Niemeyer realiza mostra de Adolfo Montejo Navas
A exposição “Antologia poética” é resultado de um livro idealizado pelo artista durante 18 anos
O Museu Oscar Niemeyer realiza dia 26 de outubro, quinta, às 19h, na sala 10, a exposição “Antologia poética – Adolfo Montejo Navas”, com curadoria de Agnaldo Farias. 
A mostra foi desenvolvida a partir do livro homônimo do autor, poeta e crítico espanhol residente no Brasil, Adolfo Montejo Navas, idealizado e confeccionado durante 18 anos, para apresentar o grau de ironia e atrito não só visual que existe na representação destas imagens-sintomas que vinculam poesia e dinheiro.
A mostra apresenta uma coleção de mais de 120 cédulas bancárias que são efígies de poetas dos cinco cantos do mundo. De acordo com o artista, a obra foi idealizada a partir do ano 2000, para depois ter três momentos intensos de configuração como pesquisa e coleção: primeiro até 2005; mais recentemente durante o ano 2013; e, por último, neste ano de 2017.
Para o secretário de Estado da Cultura, João Luiz Fiani, esta é uma das exposições mais interessantes realizadas no MON nos últimos tempos. “É uma exposição instigante e acredito que vai proporcionar ao visitante do MON um passeio pela história da literatura e da poesia do mundo inteiro”, comentou. 
A diretora-presidente do MON, Juliana Vosnika, pontua o amadurecimento e o dinamismo do calendário expositivo. “Com 15 anos de atividades, comemorados este ano, o MON aprimora seu calendário expositivo, e soma, neste período, mais de 300 exposições nacionais e internacionais, com diferentes linguagens artísticas. A cada ano o museu se supera em programação, mostras e conteúdo”.
O artista Adolfo Montejo Navas analisa o projeto. “Talvez nada seja mais antinômico que a poesia e o dinheiro, a possibilidade de alguma relação de contiguidade ou de parentesco entre o que pode ser o mais imaterial do mundo e seu contrário”, afirma.
A mostra fica em cartaz até 18 de março de 2018. Os ingressos custam R$ 16 e R$ 8 (meia-entrada). Todas as quartas têm entrada franca.
Serviço
Abertura da mostra “Antologia Poética – Adolfo Montejo Navas”
Data: 26 de outubro, quinta, 19 horas – entrada gratuita na hora da abertura
Até 18 de março de 2018
Museu Oscar Niemeyer
Rua Marechal Hermes, 999.
Visitação: Terça a domingo, das 10h às 18h
www.museuoscarniemeyer.org.br
Terça a domingo, das 10h às 18h
Ingressos: R$ 16,00 e R$ 8,00 (meia-entrada)
Maiores de 60 e menores de 12 anos têm entrada franca

Powered by
Publish for Free

CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE, (1902-1987) | 50 cruzados novos (50 cruzeiros)/Banco Central do Brasil, 1989 | 140 x 65 mm | Foto: Alexandre Marchetti
CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE, (1902-1987) | 50 cruzados novos (50 cruzeiros)/Banco Central do Brasil, 1989 | 140 x 65 mm | Foto: Alexandre Marchetti
GABRIELA MISTRAL, (1889-1957) - Lucila de María del Perpetuo Socorro Godoy Alcayaga | 5.000 pesos / Banco Central de Chile, 2001 | 145 x 70 mm | Foto: Alexandre Marchetti
GABRIELA MISTRAL, (1889-1957) - Lucila de María del Perpetuo Socorro Godoy Alcayaga | 5.000 pesos / Banco Central de Chile, 2001 | 145 x 70 mm | Foto: Alexandre Marchetti
ROSALÍA DE CASTRO, (1837-1885) | 500 pesetas / Banco de España, 1979 | 130 x 69 mm | Foto: Alexandre Marchetti
ROSALÍA DE CASTRO, (1837-1885) | 500 pesetas / Banco de España, 1979 | 130 x 69 mm | Foto: Alexandre Marchetti